adsense

Nutri Respostas #1 - Índice de Massa Corporal (IMC)

Inaugurando um tópico novo no blog: Nutri Respostas
Se você quer fazer alguma pergunta relacionada a Nutrição (dietas, alimentos, doenças ou qualquer outra coisa) mande um e-mail para nutricionistalais@gmail.com que ela será respondida aqui.

E a primeira pergunta que foi mandada no meu e-mail foi sobre o IMC:
"Calculei meu IMC e o resultado foi que meu peso está saudável, mas eu tenho muitas gorduras localizadas e me considero muito acima do peso. Pq isso acontece?" 



Bom, primeiro de tudo... O que é o IMC?
O IMC é o Índice de Massa Corporal. Através de uma continha simples, é possível chegar a um resultado aproximado da massa corpórea de uma pessoa.
Para calcular o IMC a continha é a seguinte:

IMC = ______Peso_____
              Altura x Altura

Você pode calcular o seu de forma mais simples no site do Dráuzio Varella, clicando AQUI.
Para interpretar o resultado, você pega o valor que obteve na sua conta, e localiza-o nos parâmetros abaixo:

Abaixo de 18,5 = Subnutrição/Baixo peso
Entre 18,6 e 24,9 = Peso saudável/normal
Entre 25 e 29,9 = Sobrepeso
Entre 30 e 34,9 = Obesidade I
Entre 35 e 39,9 = Obesidade II
Acima de 40 =  Obesidade III/mórbida
 
 Agora, é importante lembrar que estes valores e o cálculo do IMC são apenas parâmetros para nortear o atendimento, não se trata de um resultado exato e 100% confiável, pois ele não fornece informações sobre a composição corporal e a distribuição da gordura corporal.

Um estudo mostrou que mais de 30% das pessoas que são classificadas como normal/peso saudável pelo IMC, apresentam excesso de gordura corporal.

Um outro problema na aplicação do IMC é o uso em atletas ou praticantes de atividade física. Uma pessoa que tem grande quantidade de massa muscular pode ser classificada como obesa, apenas utilizando os critérios de IMC, pois ele não distingue músculos de gordura.

É por isso que uma avaliação antropométrica completa é tão importante, utilizando outros parâmetros como dobras cutâneas e circunferências para quantificar a quantidade de gordura corporal existente em cada um.

Procure um Nutricionista para uma avaliação completa!!!

Imagem: Michelle Meiklejohn / FreeDigitalPhotos.net
Artigo usado como referência: REZENDE, F. et. al. Revisão crítica dos métodos disponíveis para avaliar a composição corporal em grandes estudos populacionais e clínicos. 
Escrito por Laís Simino
Nutricionista - CRN3 32722/p

2 comentários :

Rhanier disse...

Interessante!! Agora, qual o intuito desse índice? Quando devemos usar essa conta? Seria esse índice mais adequado às pessoas com baixo peso?

Drª Laís Simino disse...

@Rhanier
Rhanier, esse índice é usado mais para avaliar grandes populações, quando não é possível avaliar detalhadamente cada indivíduo, é mais fácil saber apenas o peso e a altura. Com o IMC dá pra traçar perfis nutricionais de grupos, por exemplo, calculando o IMC de uma amostra, foi possível ver que no Nordeste existe grande prevalência de baixo peso entre as crianças, ou nos EUA existe grande prevalência de obesos.
Mas o ideal é que, sempre que possível, seja feita uma avaliação mais detalhada, pra evitar erros.

Postar um comentário