adsense

Substitutos para temperos industrializados


Em dias em que a praticidade é moeda de ouro, muitos têm aderido e até mesmo preferido o uso de temperos prontos. Seria uma mão na roda não fossem os malefícios que esses produtos trazem à saúde!

O hábito cultural de adicionar temperos prontos e acrescentar mais sal, só piora esse quadro, fazendo com que se extrapolem a quantidade diária recomendada de sódio.

Numa dieta de  2.000 Kcal, por exemplo, a quantidade máxima de sódio que um adulto deve ingerir é de 2.400 mg. O excesso de sal provoca, entre outras doenças, pressão alta, derrame, infarto, câncer e doenças respiratórias.

Uma dica valiosa é ler os rótulos dos alimentos, para sabermos o que realmente estamos levando para casa.

Portanto, devido ao excesso de sódio, os temperos industrializados não devem fazer parte da rotina alimentar. No dia-a-dia, o ideal são temperos frescos, como alho e cebola além de temperos desidratados (salsa cominho, manjericão entre outros).


Para substituir os temperos industrializados (caldos, sachês...), existem boas dicas, como essas abaixo:

Clique na imagem para ampliar
Post feito em parceria com:

Viviane  A. Porto da Silva
Nutricionista graduada pela Universidade Federal dos Vales  do Jequitinhonha e Mucuri-UFVJM
Graduanda em Ciências e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Ouro Preto- UFOP
E-mail: contato@nutricaoemacao.com
Fan page: Nutrição em Ação

Nenhum comentário :

Postar um comentário